14.9.05

Supernova na constelação de Peixes

Isto não é um sonho: cientistas de várias partes do mundo anunciaram no último dia 12 a descorberta da explosão mais antiga - e portando mais distante - já observada no Universo. É o grito de morte de uma estrela, lançado uns 12,8 bilhões de anos atrás. Isso é "apenas" 900 milhões de anos depois do nascimento do próprio Universo.

Essa observação inaugura uma nova fase nos estudos cosmológicos, em que cientistas pretendem destrinchar a formação das primeiras estrelas. No olho do furacão, estão os enigmáticos GRBs (disparos de raios gama, na sigla em inglês). Um disparo foi detectado no último dia 4 e imediatamente associado ao colapso de uma estrela, situada na constelação de Peixes.

Há 12,8 bilhões de anos, houve um supernova na constelação de Peixes.

Nenhum comentário: