29.8.06

Cartas a um Jovem Escritor

Para quem gosta de escrever, mas como eu não sabe se tem vocação para tal, recomendo o livro Cartas a um Jovem Escritor, de Mario Vargas Llosa. A leitura acaba rapidinho, e isso é um sinal de que o autor faz o que prega - escreve de forma persuasiva.

“...um homem ou uma mulher desenvolve precocemente, na infância ou no começo da adolescência, uma predisposição para fantasiar pessoas, situações, casos, mundos diversos do mundo em que vive, e essa inclinação é o ponto de partida do que mais tarde poderá se chamar vocação literária. Naturalmente existe um abismo entre essa propensão para se afastar, nas asas da imaginação, do mundo real e da vida de verdade, e o exercício da literatura, abismo este que a maioria dos seres humanos não chega a cruzar.” (Pag. 7)

2 comentários:

Paulinho disse...

Boa dica, mas sinto falta dos sonhos.

Não fico mais tanto tempo fora.

Paulinho disse...

Estou no
http://www.ascriacoes.com.br/blog
passa lá.