3.10.06

Como eu me vejo

Minha mãe sempre disse que um dia me veria em cima de um foguete, fazendo a cobertura jornalística de alguma guerra por aí. Bom, não cheguei a tanto, e nem quero presenciar mais uma guerra no mundo. Mas pelo menos posso voar...



















(Valeu a dica, Paulinho, este desenho é muito bom!)

3 comentários:

Paulinho disse...

Sabia que você iria gostar.

MReys disse...

Lindo o seu blog! :0)

Cris Bocarelli disse...

Beta: Vc sempre quiz ser pessoa-girafa, e é. Veja sua altura, e a abertura de suas passadas. Quando pequena, sempre quiz ter um cão, (papy um marido fiel), um papagaio (o Ibama caçou o mandato) e um jegue (no nordeste, procura-se um predador de jegues). Acho meus desejos animais não serão realizados, não me vejo mais montada num jegue, com um papagaio no ombro, tendo ao lado seu pai dizendo vc é difereinte de gente...
Bjos, de bocarelli