8.1.10

Sobre a felicidade

"Charles, portanto, era feliz, sem se importar com nada deste mundo. Uma refeição a dois, um passeio à tarde pela rua principal, um afago nos cabelos, a vista do seu chapéu de palha pendurado no fecho da janela e muitas outras coisas ainda, que ele jamais suspeitara pudesse dar prazer, formavam agora a continuidade do seu bem-estar."

Madame Bovary, de Gustave Flaubert

Ilustração: