27.11.10

A menina que não sabia ler

Adoro quando me contam histórias. Naquela madrugada de setembro de 2010, ouvia atentamente uma história de Michelle. Se me permite, Michelle, vou recontá-la aqui. Para compartilhar com outras pessoas sua maravilhosa experiência como leitora.

Permissão dada, vamos lá: ainda bem pequena, Michelle não admitia que fosse incapaz de ler. Seu irmão trancava-se no banheiro, se quisesse ler qualquer coisa sem a intromissão da irmã. E a menininha ainda dizia para a mãe: “Você é professora, tem o dever de me ensinar”.

Lembrei-me dessa cena quando escolhi o livro “A menina que não sabia ler” para presenteá-la. Não se trata exatamente da mesma história, mas achei que Michelle pudesse gostar. Pois a leitura também é proibida a Florence, personagem do livro. Ainda que por motivos diferentes, Florence e a pequena Michelle devem compartilhar o mesmo sentimento, de quem deseja saciar sua curiosidade.